sexta-feira, 28 de julho de 2017

Receita alerta para "golpe do amor" em que vítimas são extorquidas pela internet

De acordo com a Agência Brasil, a Receita Federal está divulgando um alerta sobre um novo golpe que acontece nas redes sociais. Chamado de "Golpe do Amor" ou "Golpe Amor", criminosos induzem mulheres a fazer depósitos em dinheiro na troca de bens e/ou benefícios retidos no aeroporto de Guarulhos, São Paulo.

Segundo a Receita Federal, os criminosos criam perfis falsos de estrangeiros em redes sociais. Dessa maneira, adicionam mulheres e ludibriam as vítimas comentando que possuem boas condições financeiras e altos cargos em companhias internacionais. Os criminosos "se envolvem emocionalmente com vítima" e prometem o envio de bens, porém, é necessário um pagamento para isso acontecer. Por mais incrível que isso possa parecer para você, a alfândega do órgão em Guarulhos vem recebendo um número crescente de ligações de vítimas do golpe.

"A Receita Federal em Guarulhos já recebeu relatos de casos em que golpistas fizeram propostas de casamento e anunciaram que mandariam caixas contendo presentes diversos, como óculos, bolsas, celulares, anéis de ouro para o 'noivado', documentos pessoais e, em muitos casos, dinheiro em espécie em dólares, libras ou euros. Após o suposto envio dos presentes, a quadrilha exige pagamento da vítima alegando que as mercadorias estariam retidas na alfândega e só seriam liberadas após o pagamento de taxas e outros valores", comentou o órgão.

No aviso, a Receita também deixou claro que não exige pagamento em espécie ou por meio de depósito em conta corrente. "Todos os tributos aduaneiros administrados pelo órgão são recolhidos por meio Documento de Arrecadação de Receitas Federais (Darf)", disse a Receita.

Assista ao vídeo gravado pela Tecmundo sobre o assunto.

Fontes: 

Senti-me traída e humilhada por me envolver com um scammer por sete meses

Em dezembro/2016 nos conhecemos pelo Tinder, logo depois ele me pediu meu número e começamos a conversar pelo whatsapp. Em janeiro ele pediu para sermos amigos no Facebook pois segundo ele, queria que o conhecesse melhor bem como ver as fotos da sua mãe, filha e cachorro.

Desde então conversávamos todos os dias, principalmente pela manhã e à noite.

Foram 7 meses assim e em momento algum eu desconfiei de nada, até porque nunca falamos sobre dados pessoais, como endereço nem dinheiro.

Ele dizia que era engenheiro de petróleo e gás, canadense e que estava há alguns meses na Grécia a trabalho. Segundo ele, ele só viria ao Brasil quando seu projeto terminasse.

Seu projeto terminou no final de junho e ele me enviou a foto da sua passagem em que chegaria no Rio no dia 03 de julho para me conhecer. E foi aí que todo o drama começou.

Em todos esses meses dizia que me amava, que eu era a mulher da vida dele e que queria casar comigo.

Um dia antes da suposta viagem, ele disse que recebeu um cheque de 300.000 euros como pagamento pelo seu projeto, mas que não conseguiu sacar parte do dinheiro nem fazer transferência para sua conta, pois na Grécia existia um controle de capital e existia um limite máximo para efetuar qualquer transação financeira. Perguntou se ele conseguia fazer essa transação aqui no Brasil e eu disse que sim.

No dia da viagem ele disse que iria adiar a vinda dele, pois ele ainda teria que pagar a conta do hotel no valor de 500 euros e não tinha dinheiro. Dei várias opções para ele como pedir empréstimo a alguém, ou mesmo ao banco e nada do que eu falava ele aceitava e aí começou a me tratar muito mal e a dizer que se eu realmente o amava que eu iria ajudá-lo.

Eu disse que não tinha esse dinheiro. Aí ele me bloqueou no whatsapp e no Facebook.

E qual não foi minha surpresa, quando fiz uma pesquisa no Google e descobri que o tal cheque que ele recebeu do seu trabalho era falso.

Foi aí que a ficha caiu. Me senti traída, humilhada e fiquei e ainda estou muito triste com toda essa situação.

No dia seguinte ele me desbloqueou do whatsapp e eu falei para ele que já sabia que o cheque era falso, que ele era um golpista e só queria o meu dinheiro.

Me arrasou, me chamou de tudo quanto é novo e agora ele me bloqueou de vez em todos os meios de comunicação.

Estou enviando várias fotos dele, dentre elas a foto de seu perfil no Facebook e a foto do cheque falso.

Peço por favor que isso seja divulgado para outras não caírem nesse golpe.

Nome - Tremain Graham

Esses são os dados dele, mas acredito que não sejam verdadeiros.




 


Depoimento enviado por leitora do blog

Apaixonei-me pelo scammer Gary Lindsey Nicolau

Foto usada por Gary L.  Nicolau
No mês de junho conheci o Gary L.  Nicolau, ele surgiu do nada, solicitando minha amizade, verifiquei seu perfil no Facebook, um homem bem apresentável, bem vestido, fotos com amigos, as vezes sozinho, parecia um empresário de sucesso. 

Aceitei sua amizade, logo começamos a conversar no chat, ele disse que se apaixonou por mim e que seguiu o conselho de um amigo que conheceu sua esposa no Facebook e já que ele era viúvo com apenas um filho de 15 anos e queria casar novamente resolveu arriscar. 

Sempre muito amável, educado e encantador, dizia que era Engenheiro Petroquímico, nasceu em Portugal, morou nos Estados Unidos e atualmente morava no Canadá - Toronto e tinha uma empresa. 

Falávamos de manhã e a noite, contei tudo sobre minha vida para ele, trocamos fotos.  Logo, ele dizia que estava muito apaixonado por mim e eu por ele, estava muito carente sozinha a 12 anos, fiquei perdidamente apaixonada, trocamos juras de amor, parecia tão real. 

Como era um homem bem-sucedido, disse que viria investir no Brasil, queria construir hotel e casas de aluguel para o nosso futuro.  Aproveitando a viagem conheceria minha família e se casaria comigo.  Um dia disse que foi fazer compras com o filho, Edwin de 15 anos e tinha comprado alguns presentes para me mandar aqui no Brasil, eu fiquei admirada com tantas coisas de valor que ele disse que havia no pacote, vestidos, smartphones, laptop, pulseiras de ouro e colar de ouro e um montante em dinheiro de R$ 750. 000, 00 que era para dar entrada em nossa futura casa, um pouco para cuidar de mim e o que sobrasse depositaria no banco.  Pediu meu endereço, meu nome completo, telefone e que a encomenda chegaria ao Brasil dentro de 4 a 5 dias, me mandou até a foto do pacote e o recibo da encomenda com todos os nossos dados. 

Nesse meio tempo ele disse que tinha fechado um contrato de uma proposta no Curdistão Iraquiano e que eu teria dado muita sorte para ele, disse que iria para lá ficar em alto mar trabalhando em uma plataforma de petróleo durante dois meses depois disso viria para o Brasil me conhecer, pediu até que eu orasse para ele, para tudo dar certo, foi o que eu fiz, orava dia e noite.  Ele disse que eu avisasse a ele quando o pacote com os presentes chegasse ao Brasil até que recebi um e-mail dizendo que o pacote ficou retido em uma empresa chamada Custom e para liberar teria que pagar uma quantia de R$ 5. 120, 00 e eu disse a ele que não poderia pagar, porque não tinha o dinheiro. 

Depois disso Ele mudou completamente comigo, disse que ele havia confiado em mim e que ele tinha problema de pressão e disse que ia enfartar, se eu não emprestasse o dinheiro para pagar a mercadoria que ficou retida na empresa e eu teria que depositar o dinheiro. 
Foto usada por Gary L.  Nicolau

Então comecei a pesquisar pedi até o endereço da empresa para que eu fosse lá pessoalmente, eles me dariam o pacote e eu pagaria a quantia, porque o dinheiro estava dentro do pacote, mas eles diziam que isso não seria possível que eu tinha que fazer o deposito para receber a encomenda. 

Então foi aí que eu comecei a desconfiar, não queria acreditar que uma pessoa poderia fazer isso comigo e até hoje ainda sofro as consequências desse amor que senti por ele, um sonho desfeito, pensei que tivesse encontrado o homem da minha vida, pensei que iria casar e ser feliz, eu só queria ser feliz, eu dizia isso a ele, não me importava o dinheiro dele, mas ainda acreditava em um final feliz, ainda sonhava com ele chegando em minha casa para me pedir em casamento. 

Depois que pesquisei e consultei algumas pessoas percebi que se tratava realmente de um golpe e mesmo eu falando para ele que ele era um golpista, ele tentava me convencer que não era.  Custei a acreditar que era um golpe, mas era. 

Não quero que mais pessoas sejam enganadas assim como eu fui é a sensação mais horrível que alguém pode sentir, fiquei depressiva, emagreci e isso repercutiu até no meu trabalho, uma história de amor que não acabou em um final feliz. 

Dados usados pelo scammer: 
Nome: Gary Lindsey Nicolau       
Telefone: + 1 (647) 691. 5109         
Origem: Canadá - Toronto           
Conta bancária informada para depósito:        
SANDRA MARA DA SILVA CARVALHO ARUM
BANCO ITAU. 
AGENCIA 9262. 
CONTA CORRENTE 13955-4
CPF 045723327 386

Depoimento enviado por leitora do blog

domingo, 2 de julho de 2017

Dons Juans nigerianos dão golpe de até R$ 600 mil em mulheres do DF são presos em São Paulo

PCDF não mostra rostos dos nigerianos presos
By: NATHÁLIA CARDIM 
      IAN FERRAZ

Trio foi preso por agentes da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher em São Paulo. Eles prometiam até noivado e casamento. Tudo pela web.

Agentes da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) prenderam três nigerianos acusados de “estelionato amoroso” contra pelo menos 11 mulheres brasilienses desde 2013. Apenas uma delas perdeu R$ 600 mil, depositados na conta de um dos acusados. As vítimas eram escolhidas nas redes sociais ou em aplicativos de namoro virtual. Antes de aplicar os golpes, eles mantinham um relacionamento virtual com as mulheres e faziam promessas de noivado e até casamento.

Para convencê-las a depositar dinheiro na conta deles, os Don Juans nigerianos prometiam enviar remessas em dólares para, por exemplo, comprar apartamentos em áreas nobres do DF, onde morariam após a união. O dinheiro repassado pelas vítimas seria utilizado para facilitar a transferência da parte deles no negócio. Eles se apresentavam com identidades falsas, usavam fotos de “bonitões”, se passando por altos militares dos Estados Unidos, da Irlanda e outros países.

“Em muitos casos, os criminosos, após ganharem a confiança das vítimas, avisavam que estavam mandando presentes e pediam que elas pagassem guias para poder retirá-los”, explicou a delegada Sandra Melo, da Deam. Para facilitar o golpe, a organização criminosa dividia as tarefas, fazendo com que as vítimas não percebessem o crime. Essa medida dificultou o trabalho de apuração da Polícia Civil. Além dos três detidos, outras 13 pessoas estão sendo investigadas.

No material apreendido pela polícia, foram encontrados depósitos, comprovantes de transferências e até um manual de como aplicar o golpe, com o perfil das vítimas. A prática é mundialmente conhecida por “419 scams”.

Organograma de como funcionava o grupo (Metrópoles)
As prisões ocorreram em São Paulo. De acordo com informações da Polícia Civil, a investigação teve início em 2013 quando uma mulher registrou ocorrência informando ter sido vítima enganada, após se relacionar com um homem que conheceu no Facebook.

Prisão dos acusados

Segundo a vítima, o suspeito teria se identificado como cidadão irlandês. A mulher havia depositado a quantia de R$ 3 mil na conta dele por uma encomenda que nunca chegou. Outra vítima envolvida perdeu R$ 600 mil no golpe. Desse valor, R$ 400 mil não foram recuperados e outros R$ 200 mil estão bloqueados pelo banco.

Em outro caso, a PCDF identificou 50 depósitos de diferentes valores na conta de um dos investigados. Os repasses foram feitos em um período de três meses. Segundo a delegada, as vítimas são mulheres fragilizadas, carentes de relacionamentos.

“Não podemos culpá-las por caírem no golpe. Mas fica o alerta. Antes de uma pessoa enveredar para um relacionamento mais sério, deve buscar, primeiro, conhecer a pessoa, visitá-la.” Sandra Melo, delegada da Deam-DF

A polícia informou que, após providências judiciais para a identificação dos autores, chegou-se a uma verdadeira rede composta por outros nigerianos que se especializaram em aplicar o chamado golpe do “estelionato amoroso”, que já fez várias vítimas no Brasil e no mundo.
Delegada explica como funcionava o golpe

O grupo será indiciado por estelionato e organização criminosa. Além disso, um dos investigados vai responder por lavagem de dinheiro.



Mensagem de apresentação enviada pelo scammer Michael Perry

De: Michael Perry <michael_perryy@outlook.com>

Oi meu nome é Michael Perry, eu sou americano atualmente trabalhando para a Petrobras, um engenheiro mecânico que conserta refinarias e oleodutos quando há um foco de incêndio, vazamento e vandalização mas por causa do escândalo, meu projeto foi suspenso para as próximas semanas, então agora Atualmente, estou passando a 2 semanas de férias com a minha filha, eu vou voltar para o Brasil, São Paulo precisamente próximas duas semanas para retomar o meu trabalho .., já ficou no Brasil há 7 meses trabalhando em um projeto na Petrobras. Então, eu estou interessado em conhecê-lo melhor e, em seguida, espero que quando eu voltar, nós podemos encontrar e tomar um café juntos
Eu sou o pai de uma menina de 7 anos, que está fora no internato. Gosto de estar em harmonia com o mundo em torno de mim. Uau, que soa nova era, mas eu sou muito pé no chão Eu gosto de ler muito e manter-se com muitas coisas, política, edições sociais, cultura, viagens, pessoas.
Eu particularmente valorizam humor, ser capaz de rir de si mesmo, ser capaz de comunicar, a cultura em questões gerais, sociais, ficar saudável, e a liberdade de pensar fora da caixa.
Também gosto de filmes de Woody Allen, natação, ouvir as histórias das pessoas, e simplesmente falar com as pessoas.
Estou à procura de um companheiro, alguém com sua própria vida, com uma personalidade forte, mas também capaz de assumir os compromissos que a vida às vezes exige. Alguém que não é muito fino e que é capaz de rir de si mesma ..
Estou esperando para ler sobre sua vida e também ver as suas fotos em breve e espero que tenham gostado ver minhas fotos, tenha um bom fim de semana.
Michael

Celular com whatsApp: +1(646) 760-6429



Denúncia enviada em 01/07/2017