quarta-feira, 6 de julho de 2016

“Quem visitou seu perfil no WhatsApp": Cuidado com o novo golpe virtual

Na tentativa de saciar a curiosidade,
muitas pessoas acabam caindo no golpe.
(Foto: Divulgação Kaspersky Lab)

Usuários do app de mensagens podem perder dinheiro ou créditos do celular ao serem enganados pelos cibercriminosos.

É possível saber quem visitou o meu perfil no WhatsApp? Essa curiosidade, bastante comum entre milhões de usuários do famoso app de mensagens instantâneas, está sendo usada por criminosos virtuais para aplicar golpes virtuais no Brasil.

O alerta foi dado recentemente pela empresa de segurança Kaspersky Lab, que informa que golpistas têm compartilhado mensagens no aplicativo, oferecendo o recurso de saber quem visualizou o seu perfil no app.

Como muitas pessoas têm essa curiosidade de saber se há outras pessoas, além dos seus contatos já conhecidos, visualizando sua foto de perfil no WhatsApp, as mensagens que fazem parte deste golpe virtual acabam sendo repassadas em grandes quantidades.

No entanto, quem cai nesse novo golpe aplicado via WhatsApp pode ter alguns prejuízos financeiros, ao invés de saciar a sua curiosidade.

Como funciona o golpe
A mecânica deste golpe é bastante parecida à de golpes aplicados no Facebook e outras redes sociais, que oferecem supostos recursos de saber quem visitou seu perfil no Facebook, por exemplo.

No caso do app, o usuário recebe mensagens que podem ter o título de “Quem visitou seu perfil no WhatsApp” ou “Sabe quem xeretou seu perfil?”. Ao clicar no link indicado nelas, você é redirecionado a uma página que promete liberar o recurso em seu smartphone, desde que a mensagem seja compartilhada com pelo menos 10 amigos ou 3 grupos.

Em seguida, novas páginas são abertas na tela do celular, com sites que disponibilizam serviços por assinatura, cobradas na conta do telefone ou nos créditos do celular. Porém nenhum desses serviços libera o recurso prometido, de acordo com a Kaspersky Lab, e é aí que os cibercriminosos ganham dinheiro (comissão ao oferecer serviços premium), caso o usuário assine algum dos serviços.

O que fazer para evitar golpes no WhatsApp
Para evitar cair em golpes no WhatsApp, o ideal é não abrir, não clicar em nada e nem repassar mensagens com conteúdos semelhantes ao citado na matéria. Desconfie sempre de supostos recursos e vantagens oferecidos por estranhos.


As vítimas do golpe devem entrar em contato com a operadora de celular e pedir o cancelamento das assinaturas feitas ao clicar nos links maliciosos. Outra dica é não instalar apps oferecidos por esses sites fraudulentos, que podem infectar seu dispositivo com vírus.

Reportagem original em: http://br.blastingnews.com

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para denúncia e depoimento sobre ataque de scammers use o formulário disponível no link https://goo.gl/forms/r5yt6sJwQaAvu4Ql2.
Envio de fotos use o e-mail alertanaredescammers@gmail.com.
Não use termos ofensivos nem façam propaganda de produtos ou serviços, este espaço se destina a ajudar os usuários na identificação de perfis de golpistas!