quarta-feira, 18 de maio de 2016

Minha história não é diferente das demais. Senão pelo montante desembolsado aos golpistas: 5.000 dólares

Foto usada pelo golpista
Em fevereiro/2016 o suposto militar Richard P. Montes - número de código militar 4514788 - e-mail: rmontez324@gmail.com - me convidou para adicioná-lo. Viúvo, 45 anos, com uma filha menor que estudava em colégio interno no Reino Unido. Eu, ingenuamente, o adicionei.

Referiu estar no Líbano e que logo iria para Abidjan/Costa do Marfim. Chegando à Costa do Marfim, em Abidjan, uma semana depois pediu-me para redigir uma petição ao Conselho Militar (militaryus.board@usa.com) que fica em Nova York, solicitando em meu nome (e meus dados) autorização daquele Conselho para concessão de uma licença de três meses para ele vir ao Brasil e providenciar nosso casamento. Claro que achei estranho; ele alegava que o esquadrão/pelotão iria ser destacado para a Síria e ele não queria ir, pois não se sentia bem de saúde.  Essa era a verdade dele. 
Suposta licença

O tempo foi passando e eu fui me envolvendo cada vez mais emocionalmente com o pilantra.  Primeiro, pediu ajuda de 296 dólares para ajudar no pagamento da suposta licença, que cobrava 10.200 dólares, e que esse valor seria reembolsado a ele quando retornasse ao campo militar decorridos os 3 meses. Que me pagaria quando chegasse em Chicago/USA, sua cidade de destino. A tal licença foi expedida em 16/02/2016. Depois de ele pagar a tal licença, e ter ficado sem um tostão, pediu ajuda de 500 dólares para comprar a passagem aérea para Chicago, cujo vôo faria conexão em Dubai, nos Emirados Árabes. Aí, começou o inferno na minha vida. Lá no aeroporto de Dubai foi barrado pela imigração por estar viajando sem passaporte e somente com identidade militar; desembolsei 1.180 dólares em nome  de um suposto funcionário da segurança do Aeroporto, Mike Ebuka Ozurumba (Dubai/Emirados Árabes) para sua liberação. Após ser liberado pela imigração, passou mal e esse Mike o levou a uma clínica particular. A clínica custou 1.200 dólares enviados ao um tal de Dr. Jihad Asatar - jihad.asatar@yahoo.com - que estaria em uma conferência médica em Abidjan/Costa do Marfim.

Chegando em Chicago, sua conta bancária estava bloqueada porque, como viúvo, sua única herdeira era a esposa falecida, Ruth Loh Montes, que morrera em um acidente automobilístico na expresso Chicago, 6 anos atrás. Referia ele que quando ia para a guerra era como assinar sua sentença de morte.

Suposta Certidão de Casamento

Só mesmo vivenciando para acreditar no emaranhado de conversa. Depois de muito blá blá blá, disse que precisaria pagar uma tal Elizebert Estrada - leticiaestrada299@gmail.com -  do campo militar em Abidjan - para poder liberar sua conta. Para ela enviei 1.480 dólares. Depois de ter enviado toda a dinheirama, ele criou um novo perfil no facebook com o nome de Derek Fordman (derekfordman@yahoo.com), seu suposto advogado que teria providenciado nosso casamento on line (ver certidão). Por fim, meus filhos descobriram e foi quando a ficha caiu que eu estava sendo vítima de um golpe. Hoje, ele está me chantageando com fotos minha comprometedoras, apesar de estar bloqueado, e-mail estão chegando como spam. Estou com a dívida contraída, e tentando pagar à medida do possível. Vou sobreviver.

Perfil falso no Facebook
Fica aqui o meu depoimento para que outras pessoas não acreditem em qualquer um e, em hipótese alguma enviem dinheiro para desconhecidos. Peço a vcs que publiquem todos os e-mails e fotos aqui enviados.

Foto usada pelo golpista
Foto usada pelo golpista
Foto usada pelo golpista
Foto usada pelo golpista


------------------------------------------------------------------------------------------------
Se você foi contatado(a) por um golpista(scammer) faça a denúncia e envie os dados para publicarmos e alertar para que outras pessoas não sejam enganadas.

Clique no link e preencha o formulário DENÚNCIA DE GOLPES VIRTUAIS

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para denúncia e depoimento sobre ataque de scammers use o formulário disponível no link https://goo.gl/forms/r5yt6sJwQaAvu4Ql2.
Envio de fotos use o e-mail alertanaredescammers@gmail.com.
Não use termos ofensivos nem façam propaganda de produtos ou serviços, este espaço se destina a ajudar os usuários na identificação de perfis de golpistas!