quinta-feira, 14 de maio de 2015

Vítimas de fraudes em site de namoro gastam com flores em encontros 'fake'

Compartilhado de g1.globo.com

Dólar em forma de coração. (Foto:  Adam Gault/Image Source)

Uma pesquisa da faculdade Universidade de Londres (UCL) em parceria com o site de namoro chinês Jiayuan, que tem mais de 140 milhões de usuários cadastrados, identificou quatro tipos de fraudes contra os internautas que procuram relacionamentos.
Em um dos golpes, restaurantes e cafeterias luxuosas contratavam mulheres atraentes que deveriam convencer usuários do site a ter o primeiro encontro no estabelecimento. Induzida a pagar a conta sozinha, a vítima gastava entre US$ 100 e US$ 2 mil (cerca de R$ 300 a 6 mil). Depois disso, a mulher nunca mais retornava.
Embora a cultura chinesa facilite o esquema, os pesquisadores dizem que não há razão para que o golpe não seja aplicado em outros países. O estudo afirma ser o primeiro levantamento em larga escala de fraudes em um site de namoro.
"É provável que a vítima nunca perceba que foi alvo de fraude, pois o encontro realmente aconteceu e a vítima se divertiu. Por isso, a chance do dono do estabelecimento ser pego é baixa", diz a pesquisa. Foram identificados 57.218 cadastrados que aplicavam esse golpe.


Flores
Em outra modalidade, a maioria das vítimas é mulher. Os golpistas se passam por homens viúvos de meia-idade para iniciar relacionamento à distância. O criminoso pede dinheiro, seja como um auxílio por qualquer motivo ou como pagamento da passagem de avião para realizar o encontro, que nunca acontece.
Esse tipo de fraude já é conhecido, mas os criminosos chineses se aproveitam da cultura local para criar novas "desculpas" para pedir dinheiro.
Em vários casos, o homem diz que quer se casar com a vítima e que está abrindo uma nova loja. Na China, há uma tradição para o envio de flores para desejar "boa sorte" para um novo estabelecimento. O golpista se aproveita disso e pede que a vítima compre flores para sua loja e sugere um florista. O florista, porém, também faz parte do esquema e o envio das flores pode custar até US$ 20 mil (cerca de R$ 60 mil).


Oportunidade de negócio
Os criminosos também se passam por homens ricos que pedem dinheiro da mulher para uma nova "oportunidade de negócio". O estudo identificou 43.318 contas que aplicavam algum golpe dessa categoria.
Os pesquisadores identificaram muitas mensagens que divulgam serviços de programas sexuais e agências de namoro, que cobram para sugerir um parceiro.
A divulgação de programas sexuais é o tipo de problema mais comum no site e a pesquisa identificou 374.051 contas criadas para este fim. Diferente de muitos sites de namoro, o cadastro no Jiayuan é gratuito.
O levantamento foi realizado em um período de 11 meses entre 2012 e 2013. A pesquisa analisou os tipos de fraude em sites de relacionamento para desenvolver programas capazes de detectar os golpistas cadastrados no site e avaliar a eficácia das técnicas antifraude que já aplicadas pelo Jiayuan.
O artigo, intitulado "Pare de brincar com o meu coração: entenda golpes de namoro on-line" pode ser lido em inglês no site da UCL, da Universidade de Londres (veja aqui).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para denúncia e depoimento sobre ataque de scammers use o formulário disponível no link https://goo.gl/forms/r5yt6sJwQaAvu4Ql2.
Envio de fotos use o e-mail alertanaredescammers@gmail.com.
Não use termos ofensivos nem façam propaganda de produtos ou serviços, este espaço se destina a ajudar os usuários na identificação de perfis de golpistas!