sexta-feira, 29 de maio de 2015

Suspeito de aplicar golpes em mulheres pela internet é preso no RJ

Homem escolhia mulheres de 40 a 50 anos e com bom poder aquisitivo.


Paulo César da Mota













Rio de Janeiro, RJ

Médico, bom de papo e solteiro. Esses eram os atributos usados por um homem para atrair parceiras em redes sociais. As mulheres queriam um relacionamento sério e ele apenas aplicar um golpe super manjado, mas que ainda faz muitas vítimas. 

Paulo César da Mota, de 43 anos, foi preso nesta segunda-feira (25) em um bar enquanto se encontrava com uma possível nova vítima. 

A polícia chegou até ele depois da denúncia de uma mulher. Ela conheceu Paulo César num site de relacionamentos. Se encontraram e namoraram por três meses. Ele se apresentou como cirurgião plástico, chegou a atender a irmã dela. 

Quando ela fez uma cirurgia no olho, entregou o cartão de crédito e a senha para o namorado e pediu para ele comprar remédio. 

Depois de ir à farmácia ele foi ao shopping com o cartão da vítima, a namorada. Fez 37 compras. Na casa dele a polícia encontrou roupas novas, sapatos, óculos, perfumes, tudo novo. Só em um passeio ele gastou R$ 9 mil. 

Além disso, ela pediu ao golpista que entregasse R$ 6 mil ao anestesista. Ele embolsou o dinheiro e deu ao médico um cheque sem fundos. Segundo as investigações, pelo menos outras três mulheres foram vítimas de Paulo César, todas com um perfil parecido, caíram no golpe depois de iniciar o namoro pela internet 

“Ele escolhia mulheres, filtrava os objetivos dele, na faixa e de 40 a 50 anos com vida econômica boa, estável e com uma certa carência sentimental”, conta o delegado Fábio Asty Dantas. 

Na casa de Paulo César, a polícia apreendeu também um carimbo que ele usava como falso médico, receitas e atestados. 

Ele vai responder por exercício ilegal da medicina, estelionato, apropriação indébita e violação sexual mediante fraude. A pena pode chegar até 17 anos de cadeia. 

Histórias de vítimas de golpes pela internet são cada vez mais comuns e para orientar e tirar dúvidas sobre o tema, o Jornal Hoje convidou a advogada especialista em direito digital, Sandra Tomazi Weber.

Veja as dicas da advogada nos vídeos disponíveis em: g1.com



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Para denúncia e depoimento sobre ataque de scammers use o formulário disponível no link https://goo.gl/forms/r5yt6sJwQaAvu4Ql2.
Envio de fotos use o e-mail alertanaredescammers@gmail.com.
Não use termos ofensivos nem façam propaganda de produtos ou serviços, este espaço se destina a ajudar os usuários na identificação de perfis de golpistas!